‘Enem dos concursos’ tem nova data: veja horários, locais, o que levar e como se preparar para a prova

Author:


O CPNU (Concurso Público Nacional Unificado) ou o denominado “Enem dos concursos”, que seria realizado no dia 5 de maio, foi adiado devido às enchentes que afetaram o estado do Rio Grande do Sul. Agora, o Ministério da Inovação e da Inovação de Serviços Públicos confirmou uma nova data para a realização das provas: 18 de agosto.

Os candidatos farão as provas em 3.665 locais de aplicação e 75.730 salas, distribuídas em 228 municípios de todos os estados brasileiros. Ao todo, mais de 2,1 milhões de candidatos se inscreveram para disputar 6.640 vagas em 21 órgãos federais.

➡️ CRIAMOS E IMPRIMIMOS SEU CURRÍCULO SEM CUSTO📍 ECONOMIZE FAZENDO SEU CURRÍCULO CONOSCO! TUDO GRÁTIS! ➡️ Para ajuda, clique aqui.

Horários 

Na parte da manhã, os portões serão abertos às 7h30 (horário de Brasília). Nesse turno, os inscritos para os blocos de nível superior (1 a 7) responderão 20 questões objetivas (múltipla escolha) sobre conhecimentos gerais e uma questão dissertativa de conhecimento específico.

Para o bloco de nível médio (bloco 8), os candidatos farão 20 questões objetivas (múltipla escolha) e uma redação.  

À tarde, os portões abrirão às 13h (horário de Brasília). Os candidatos dos blocos de nível superior (1 a 7) responderão a 50 questões objetivas (múltipla escolha) de conhecimentos específicos.

Enquanto os inscritos no bloco de nível médio farão mais 40 questões objetivas (múltipla escolha). As provas para o nível médio não incluem questões dissertativas, apenas a redação no período matutino. 

Veja a programação abaixo: 

Turno matutino 
Abertura dos portões: 7h30 
Fechamento dos portões: 8h30 
Início da aplicação:  9h 
Duração da prova:  2h30 
Turno vespertino
Abertura dos portões: 13h
Fechamento dos portões: 14h
Início da aplicação:  14h30
Duração da prova:  3h30

Consulta aos locais de prova

Para conferir o local de prova basta acessar a Área do Candidato no site do concurso – mesma página em que a pessoa realizou a inscrição.

A informação está no “Cartão de Confirmação de Inscrição”, disponível na página. Para acessar, é preciso fazer login com os dados da conta Gov.br.

Entre outras informações, o cartão conta também com o número de inscrição, data e hora da prova. Apesar de não ser obrigatório, o Ministério da Gestão recomenda levar o cartão no dia.

Documentos

Os participantes poderão utilizar documentos digitais com foto como identificação pessoal. A lista engloba, por exemplo: e-Título, CNH Digital e RG digital (veja abaixo). Em caso de documento impresso, ele deve ter foto e assinatura.

A apresentação dos documentos no formato digital deve ser feita na entrada da sala de prova, por meio de aplicativo oficial ou pela Carteira de Documentos Digitais do portal Gov.br. O candidato precisará abrir o aplicativo na frente do fiscal.

São considerados documentos inválidos: cópias em papel de documentos com foto, cópias autenticadas por um cartório de notas, capturas de tela no celular do documento digital, fotografias do documento.

A organização ressalta que, para evitar imprevistos, a orientação é de que o aplicativo seja previamente baixado e testado no celular do candidato. O aparelho deve estar com bateria carregada no momento da apresentação do documento digital.

Documentos de identificação permitidos:

  • Carteira Nacional de Habilitação com foto;
  • Documentos digitais, com foto (CNH digital, RG digital E e-Título) apresentados nos aplicativos oficiais;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS);
  • Carteiras expedidas pelos comandos militares, pelas secretarias de Segurança Pública, pelos institutos de Identificação e pelos corpos de Bombeiros;
  • Passaporte brasileiro;
  • Carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (Ordens, conselhos);
  • Cartão de identidade do trabalhador;
  • Certificado de reservista ou dispensa de incorporação (com foto);
  • Carteiras funcionais do Ministério Público;
  • Carteiras funcionais expedidas por órgão público, que, por lei federal, valham como identidade.

Documentos de identificação pessoal não permitidos:

  • Cópia do documento de identidade, ainda que autenticada, ou protocolo do documento de identidade;
  • Certidões de nascimento;
  • CPF;
  • Título de eleitor (impresso ou sem foto);
  • Carteiras de motorista (modelo sem foto);
  • Carteiras de estudante;
  • Carteiras funcionais sem valor de identidade;
  • Rani (Registro Administrativo de Nascimento Indígena);
  • Documentos ilegíveis, não identificáveis e/ou danificados.

O que levar para a prova?

O inscrito deverá portar uma caneta preta de material transparente para preenchimento do gabarito do cartão-resposta.

Apesar de não ser obrigatório, o Ministério da Gestão recomenda que o candidato leve o cartão de confirmação de inscrição (impresso na página virtual do participante), para ter informações sobre local e horários.

Vale destacar que os candidatos não poderão sair com o caderno de provas por questão de segurança.

Gabaritos

O governo federal divulgará os resultados finais no dia 21 de novembro. A convocação ocorrerá em janeiro de 2025.

Matéria em atualização*





Source link

  • Veja mais vagas de empregos aqui: https://ismaelcolosi.com.br.
  • Veja mais vagas de empregos aqui: https://ismaelcolosi.com.br.
  • Leave a Reply